A Robotica Na Educacao Do Brasil

0
Compartilhar

A Robotica Na Educacao Do Brasil

Mas, afinal, como anda o uso de robôs com propósitos educacionais no Brasil?

O artigo “Robótica Educacional e a Produção Científica na Base de Dados da CAPES”, de autoria de Nacim Miguel Francisco Júnior, Carla K. Vasques e Thiago Henrique Almino Francisco, apresenta os resultados de uma pesquisa sobre a produção científica brasileira ligada ao tema de Robótica Educacional. Fiquei muito surpreso ao constatar que os autores encontraram apenas onze trabalhos acadêmicos (dissertações de mestrado) sobre Robótica Educacional produzidos em nossos programas de pós-graduação entre 1996 e 2008!! Além disso, grande parte desses trabalhos dá mais ênfase à parte técnica, sendo que apenas três foram gerados em programas da área de Educação!

Iniciativas como a OBR – Olimíada Brasileira de Robótica – ajudam a disseminar o uso da robótica nas escolas através da organização de campeonatos para alunos de ensino fundamental e de ensino médio. No entanto, ainda temos muito a avançar nesse importante campo que pode contribuir, e muito, com o crescimento de nosso país.

Reproduzo aqui um pequeno trecho do artigo para ilustrar a opinião dos autores sobre o tema:

“A construção dos projetos de robótica demanda também tolerância e persistência por parte dos alunos. É necessário estabelecer relações entre proposta, execução e construção de uma ideia, projeto; sistematizar raciocínios abstratos, lógicos; trabalhar em grupo, com colaboração e negociação de argumentos; participar ativamente na formulação de hipóteses, refletindo e avaliando as diferentes etapas e procedimentos. A experiência da robótica no contexto educacional é capaz de promover e valorar a cooperação, o diálogo, a interação, a participação pela via da consciência autônoma que, por sua vez, permitirá aos sujeitos situarem-se uns em relação aos outros, sem que as particularidades e singularidades sejam suprimidas. Tais aspectos, conforme Piaget, representam a principal finalidade da educação e da escola.”

Postar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

WhatsApp chat